Como ter dinheiro para viajar

por: Mari Mainardi

 Não posso viajar, não tenho grana!!

 Oii?? Tem certeza?? Você pode estar fazendo esta conta (bem) errada!!

     Vamos começar a leitura separando um papel e uma caneta pra anotar quantos desses hábitos você tem, e quantos eles pesam no seu bolso por ano:

  • Refrigerante no horário do almoço ou no intervalo das aulas
  • Cafezinho pós almoço no restaurante
  • Só mais uma ”bruzinha” fofa
  • Unhas no salão
  • Aquele docinho ( ou salgado) no meio da tarde de alguém que passa no seu trabalho vendendo
  • Estacionamento pago ou valet
  • Anuidade do cartão de crédito
  • Restaurante todo dia
  • Água mineral na rua

     Ninguém quer que você abra mão de nada do que gosta, mas te convido a uma reflexão: O seu dinheiro está indo para o que realmente importa pra você? 

     META!! 

     Essa é a palavra mágica!! Tenha metas, e brigue por elas. Ainda que seu sonho não seja viajar, essa dica é útil pra você também.

     Como este é um blog de viagem: ESCOLHA SEU DESTINO E DESCUBRA QUANTO PRECISA PRA CHEGAR LÁ (nesse mesmo blog aqui você poderá ver quanto custam e como economizar em vários passeios, transportes, restaurantes… continue lendo rsrs)

     Meta estabelecida, não a perca de vista (literalmente). Sugiro que anote-a em um lugar que você veja todo os dias, ou mantenha sob sua vista algum objeto ou fotografia que te faça pensar nela sempre. E aqui não é simplesmente uma dica tirada do livro O Segredo, é mais que lei da atração, é principalmente um jeito de você se lembrar todo o tempo do porque está deixando de gastar um dinheirinho aqui ou ali, e de que vai valer a pena!

     PRAZO

     Meta definida, hora de estabelecer o prazo. Um prazo possível, de acordo com sua realidade! Metas e prazos possíveis são fundamentais para que você não abandone o plano ou deixe a motivação pelo caminho.

     Neste ponto estabeleça um valor pra separar todo mês visando a sua meta. Que seja R$100,00 , R$200,00, R$ 500,00 … não importa, o importante é que seja um valor possível e que se torne um compromisso! Salário na conta no dia de pagamento = valor pré determinado separado na mesma hora para que não tenha risco de gastar sem querer. Passe a fazer planos com seu salário como se esse valor não fizesse parte dele.

     A partir de hoje esse é o boleto mais importante pra você pagar: o boleto dos seus sonhos!

     Um ano é pouco para juntar o que precisa e viajar pra fora do país? Que tal embarcar a cada 2 ou 3 anos para um destino internacional, e nos demais anos conhecer um pouquinho do nosso Brasil??

     Respeitar seu orçamento é fundamental, ou seu sonho vira pesadelo… e um pesadelo que só aumenta!

E COMO DIMINUIR O PRAZO??

      Economizando!! É aqui que entra a mudança de hábitos. Sabe aquelas R$30,00 reais que você gastaria pra fazer as unhas no salão? Então, se você fizer em casa, você fica R$ 30,00 reais mais perto do seu destino dos sonhos.

      Parece pouco? A sábia filosofa Vovó (aposto que não só a minha) já dizia: de grão em grão, a galinha enche o papo! E neste caso: de real em real, você pode chegar até a Torre Eiffel!

      Uma continha rápida considerando o período de um mês: unhas no salão (R$ 120,00) + cafézinho pós almoço (R$ 88,00) + docinhos e outras bobagens durante a semana (R$40,00) + uma ”bruzinha” simples R$ 50,00  = R$298,00  + R$ 100 do boleto dos seus sonhos (considerando que você vai guardar pouco, mas pode guardar mais)  = R$ 398,00 por mês, que somam R$ 4.776,00 por ano.

     Ainda não dá para uma grande viagem, mas chegamos a este valor sem grande esforço e garanto que você tem mais contas pra enxugar aí. Pegue a listinha  que você fez antes de ler este post (ou que vai fazer ao final), e veja quantos mais gastos você pode diminuir.

      Veja também se pode juntar o seu 1/3 de férias a este valor, e analise a fatura do cartão de crédito, veja se não há pequenos ladrões de sonhos na sua fatura. Falando em cartão, da uma olhada no post sobre como juntar milhas, e já poupe o valor que iria na passagem aérea!!

      Então que tal começar a:

  • Levar marmita pro trabalho – além de mais barato, é mais saudável e ta na moda rsrs
  • Fazer as unhas em casa
  • Andar com uma garrafinha de água para evitar comprar na rua
  • Estacionar na rua ao invés de estacionamentos –  até porque pagamos o seguro.
  • Deixar o cafézinho pra tomar em casa ou no trabalho
  • Pensar 3x antes de comprar uma roupa, nada de comprar só porque ”ta barato”!
  • Trocar seu cartão de crédito por um sem anuidade
  • Rever as tarifas e pacotes bancários
  • Trocar o Uber pelo metro, ônibus ou quem sabe uma bike de vez em quando
  • Rever o pacote de tv por assinatura
  • Deixar de comprar aquele doce ou bolo no meio da tarde no trabalho
  • Parar de pagar por serviços que não utiliza – quem nunca, né? rs

RENDA EXTRA

      Pra turbinar ainda mais o cofrinho, que tal uma renda extra?? Vale vender brigadeiro ou lanchinhos no trabalho, vender cosméticos, bijuterias, artesanato … use a criatividade, incremente sua renda, e quem sabe ainda vai descobrir um empreendedor(a) dentro de você!!

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s